Selecione seu país Fechar

Jan Thöricht

Engenheiro de CNC e Especialista de TI na Hyva Olbersdorf

Jan, quais são as suas tarefas na Hyva e há quanto tempo trabalha para a empresa?

trabalho na Hyva desde 2007. As minhas responsabilidades abrangem a programação da máquina de CNC e a formação de pessoal como operadores de CNC. A minha principal preocupação com as formações é que os colaboradores compreendam realmente os programas de CNC e sejam capazes de, maioritariamente, programar comandos de forma autônoma. A outra parte do meu trabalho, que estou a desempenhar há alguns meses, é assistência de TI. Concluí com sucesso uma formação avançada e sou agora responsável pela manutenção dos sistemas de TI, instalação e compra de hardware e assistência de primeiro nível.

O que mais gosta no seu novo cargo na Hyva?

A diversidade. Trabalhando tanto como programador de CNC como Engenheiro de Assistência Técnica de TI, consigo seguir a minha paixão de ajudar colegas em ambos os campos: Dou-lhes formação em programação de CNC e também lhes proporciono assistência a nível das suas preocupações de TI.

Adicionalmente, posso trabalhar com a equipe internacional de TI, o que é emocionante para mim, e aprecio realmente a possibilidade de melhorar os meus conhecimentos de Inglês, assim como trabalhar com pessoas de diferentes contextos culturais.

Interessante! Quais as nacionalidade dos seus colegas de TI internacionais?

Bom, temos uma reunião com toda a equipe de TI a cada três meses. Os colegas são da Índia, Brasil, Itália, Países Baixos e Alemanha.

Uau! Como a sua equipe se comunica em uma situação em que todos estão espalhados pelo mundo?

Utilizamos diversos meios de comunicação. Quando se trata de uma grande reunião, normalmente utilizamos uma videoconferência. No entanto, a nossa principal forma de comunicação é o Whatsapp, que é muito mais simples e rápido. O utilizamos principalmente para trocar informações, mas ocasionalmente também partilhamos piadas ou imagens, o que é uma boa forma de melhorar o ambiente e unir-nos como equipe. No entanto, utilizamos métodos de comunicação clássicos como por exemplo, telefone e e-mail.

Quando estava em formação para me tornar um Engenheiro de Assistência Técnica de TI, de que forma era apoiado pela empresa?

Falamos sobre isso durante a minha avaliação de desempenho, algo que ocorre anualmente na Hyva. Especificamente, o fato de ter concluído com sucesso uma aprendizagem como Assistente de Informática Empresarial e ter demonstrado dedicação à resolução de problemas de TI. Também demonstrei um grande interesse neste tipo de trabalho. Após algum tempo, me foi feita a oferta para começar a formação para me tornar um Engenheiro de Assistência Técnica de TI, o que aceitei de bom grado. Conclui com sucesso uma formação de certificação com um prestador de serviços externos. Além dos custos de formação, todo o alojamento e despesas de viagem foram assumidos pela empresa e as minhas horas de trabalho foram compensadas. Mesmo durante a formação, já tinha sido testado pelos colegas na sede. Passo a passo durante a minha formação, deram-me acesso aos direitos e às tarefas para executar de forma autônoma. Não possuímos um departamento de TI local em Olbersdorf e portanto foi um prestador de serviços de TI freelance que mostrou-me como se processa o trabalho e me deu formação através de orientação prática. Após concluir com sucesso os meus exames, fui oficialmente acolhido pela equipe de TI na sede em Alphen aan den Rijn. Este convite me deu a oportunidade de conhecer pessoalmente a equipe e ver a forma como trabalhavam para aprender uma ou duas coisas sobre as suas tarefas e processos.

De que forma o seu cargo na Hyva lhe permite crescer?

A confiança que me foi aqui demonstrada me deu a possibilidade de crescer com os desafios que enfrento. Mesmo numa fase inicial, foi possível assumir pequenas tarefas relacionadas com TI, como por exemplo, instalar o sistema de telefone. Quando comecei a trabalhar plenamente como Engenheiro de Assistência Técnica de TI, me foi apresentada a possibilidade de assumir o comando da assistência de TI para todas as nossas instalações de TI na Alemanha, o que se tornou agora o meu objetivo. Adicionalmente, quero expandir o meu conhecimento em tecnologia de servidores e redes através de mais formações.

Este é o seu 11º ano na Hyva. Que conselho daria a alguém que está começando hoje?

Gostaria de aconselhá-los a demonstrar paixão e determinação pelo trabalho. Claramente funcionou para mim.

Por fim, gostaria de saber, na sua opinião, o que torna a Hyva única.

A confiança que a empresa demonstra ter nos seus colaboradores. É uma empresa internacional e que dá a oportunidade de trabalhar com diferentes contextos culturais, o que é sem dúvida um benefício para mim. Também aprecio a flexibilidade e o empreendedorismo da empresa. A Hyva não é tão inflexível que não preste atenção aos desejos dos seus colaboradores, como por exemplo, férias espontâneas.